segunda-feira, 6 de abril de 2015

Policial e amigo são executados durante roubo em sítio de Betim


Segundo perícia, militar aposentado e o outro homem estavam mortos há mais de 20 horas; veículo levado foi encontrado totalmente carbonizado
PUBLICADO EM 05/04/15 - 06h47
CAROLINA CAETANO
A Polícia Civil vai investigar um duplo homicídio que aconteceu durante um latrocínio, que é o roubo seguido de morte, em um sítio de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite desse sábado (4). Entre as vítimas está um militar aposentado de 47 anos.
De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o filho do policial Evaldo Alves Ribeiro contou à corporação que, na última sexta-feira (3), fez contato com o pai e o homem disse que iria para o imóvel, localizado em uma rua conhecida como “Área Rural”.
No sábado, como Ribeiro não atendeu às ligações, o jovem resolveu ir até o local. Ele encontrou a porta do sítio aberta e o corpo do pai em um colchão na sala. Já o amigo do militar, Josias Rocha Coutinho, de 57, estava em um dos quartos do imóvel.
As vítimas estavam ensanguentadas e exalando um forte mau cheiro. Segundo a perícia, os homens estavam mortos há mais de 20 horas e, provavelmente, foram assassinados enquanto dormiam. Cada um foi executada com um tiro na cabeça.
Durante o registro da ocorrência, alguns documentos do policial foram encontrados espalhados pelo quintal. A HB 20 e um revólver de Ribeiro foram levados. O veículo foi encontrado posteriormente totalmente carbonizado no bairro Bandeirinhas, na mesma cidade.

Militares do 33º Batalhão fizeram rastreamento na região, mas nenhum suspeito foi identificado ou localizado. A ocorrência foi encerrada na 8ª Delegacia de Betim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atentado terrorista deixa morto e feridos em Barcelona

Mundo ME...