terça-feira, 13 de agosto de 2013

BH terá mais 17 câmeras para monitoramento de trânsito


Os equipamentos serão monitorados no Centro de Operação da Prefeitura de Belo Horizonte (COP) que está sendo construído na sede da BHTrans

Publicação: 13/08/2013 19:05 Atualização: 13/08/2013 19:21

O Centro de monitoramento deve começar a funcionar antes da Copa do Mundo de 2014 (Reprodução/Prefeitura de Belo Horizonte)
O Centro de monitoramento deve começar a funcionar antes da Copa do Mundo de 2014

Na tentativa de diminuir os gargalos no trânsito e aumentar a segurança dos motoristas que trafegam por Belo Horizonte, a prefeitura vai monitorar o tráfego da capital mineira com 96 câmeras de videomonitoramento, painéis de eletrônicos com mensagens e sistemas centralizados de semáforos. Os equipamentos serão monitorados em um Centro de Operação da Prefeitura de Belo Horizonte (COP) que será instalado na Sede da BHTrans, no Bairro Buritis, Região Oeste da cidade. Ao todo, serão investidos R$ 38 milhões no projeto, que está previsto entrar em operação antes da Copa do Mundo do ano que vem. O novo sistema foi apresentado na manhã desta terça-feira pelo prefeito Marcio Lacerda e pelo diretor-presidente da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), Ramon Victor. 

Saiba mais...
Atualmente, a capital mineira conta com 79 câmeras de videomonitoramento, porém esse número vai subir para 96 equipamentos. Eles serão distribuídos pelos principais corredores da cidade, como as avenidas Cristiano Machado, Antônio Carlos, Amazonas, Carlos Luz, Pedro II, Raja Gabaglia, Contorno e Afonso Pena. Outros pontos de BH também serão monitorados por vídeo. Outro aliado para os motoristas serão os 19 painéis de mensagens com informações da situação do trânsito que estão espalhadas pelo município. 

“Com a instalação de novos radares e câmeras de monitoramento serão necessários menos agentes e guardas municipais supervisionando o trânsito, já que o COP fará o trabalho de monitoramento viário e prestará informações sobre o tráfego”, afirmou o Prefeito Marcio Lacerda. Além do trânsito, o COP também vai dar suporte para a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, Guarda Municipal, Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Secretaria Municipal Adjunta de Fiscalização (Smafis). 

Informações do tráfego pela internet

A população também poderá obter informações do trânsito através da internet. Um painel digital com um mapa gráfico onde vai constar as principais ocorrências no tráfego de BH, como acidentes, quedas de árvores e desvios, vai entrar em operação no site da BHTrans. O sistema vai mostrar aonde os agentes estarão atuando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário