segunda-feira, 24 de abril de 2017

DEPUTADO SUBTENENTE GONZAGA É HOMENAGEADO NO JUBILEU DE OURO DA ASPRA





 FOTOS: JORNALISTA ANA PAULA

Os 50 anos de fundação da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (ASPRA PM/BM) foram celebrados na noite desta quinta-feira, 20 de abril, em Belo Horizonte. Em uma cerimônia festiva, a Associação promoveu a CERIMÔNIA DE ENTREGA DA MEDALHA DO CINQUENTENÁRIO DA ASPRA, que agraciou mais de 70 personalidades.

O deputado Subtenente Gonzaga foi um dos homenageados e ressaltou que, ao completar 50 anos de fundação, a ASPRA se consolida como uma importante referência de representação da Classe dos militares, de espaço de lazer e de defesa dos direitos individuais e coletivos de seus associados. "Fico feliz de ver os ideais de nossos valorosos Sargentos que, em 1967 tiveram a ousadia de criar o Clube dos Sargentos, estarem respeitados e fortalecidos pela Gestão Novo Tempo, sob a Presidência do competente Sargento Bahia. Sinto-me uma testemunha privilegiada por fazer parte desta história vitoriosa", disse o deputado Subtenente Gonzaga.

Em seu discurso, o Presidente da ASPRA, Sargento Bahia, agradeceu à família militar por ter acreditado na Gestão Novo Tempo e também aos nobres companheiros de farda, que com orgulho servem a Gloriosa Polícia Militar de Minas Gerais e o Glorioso Corpo de Bombeiros Militar. “Cumprimento a todos aqui presentes e aos que não puderam comparecer para jubilar conosco, mas que também fazem parte dessa cerimônia festiva. Sinto-me feliz em poder me expressar neste momento tão importante na história da Associação dos Praças de Minas Gerais”, disse o presidente.

Sargento Bahia fez um resgate da história da Associação, destacando a diligência dos primeiros defensores desta causa, inicialmente lutando pela implantação e consolidação do Clube dos Sargentos, nos anos de 1960. “Esses audazes sargentos fizeram surgir uma das mais importantes associações de militares deste país. Nestas 05 décadas de existência, a ASPRA se pautou pela luta incansável, pela representação classista, pelo lazer e pela assistência jurídica de qualidade. Esta instituição cresceu e conta atualmente com mais de 17 mil associados, 23 diretorias regionais e mais de 50 escritórios de advocacia em Minas Gerais. Graças ao trabalho dos bravos guerreiros, em 1997, o então Clube dos Subtenentes e Sargentos se transforma em Associação dos Subtenentes e Sargentos. Em 1998, a nomenclatura adotada foi a de Associação dos Subtenentes, Sargentos, Cabos e Soldados (ASCAS). Posteriormente, em 1999, cria-se a Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares (Aspra), sendo a primeira entidade a estar credenciada para a defesa de classe”.

O presidente também deixou registrado a sua preocupação com o atual momento que perpassa nosso país. “Se na fundação da nossa associação tínhamos um modelo político fragilizado pela falta de democracia interna nas corporações militares, ainda hoje temos um modelo político falido. Com tais indagações, faço as seguintes conclusões: a Democracia, aqui considerada como instrumento fundamental para a garantia de direitos, é perigosamente ameaçada. O papel parasitário da política e das instituições democráticas e um generalizado descrédito da classe política, atestados pelas taxas cada vez mais baixas de popularidade dos partidos, de seus líderes e das próprias instituições representativas, servem de advertência para nossos militares”.

Fonte: Assessoria do Deputado Subtenente Gonzaga
Créditos/fotos: Jornalista Ana Paula Soares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POLICIAL MILITAR DÁ EXEMPLO DE SUPERAÇÃO AO SEGUIR NA ATIVIDADE MESMO APÓS TRÁGICO ACIDENTE

Comando do Oitavo Batalhão convida Policial Militar do Batalhão de Polícia de Choque para ministrar palestra.  As fatalidades da vid...