domingo, 5 de junho de 2016

Suspeito de estupro e morte de criança está cercado pela polícia em um matagal

Crime, ocorrido na quarta-feira, mobilizou população de Buenópolis

postado em 04/06/2016 15:54 / atualizado em 04/06/2016 20:00
Jairo Lopes, suspeito de estuprar e matar menina de 10 anos em Buenópolis
O homem apontado como autor do estupro e morte da menina Raiane Aparecida Cândida, de 10 anos, em Buenópolis, região central do estado, foi localizado e está cercado pelos policiais no meio do mato, na comunidade rural de Campo Alegre/Mamonas, a 30 quilômetros do local do crime. Um helicóptero também está sendo usado nas buscas. A informação do cerco a Jairo Lopes, de 42 anos, foi confirmada pela Policia Militar de Buenópolis, na tarde deste sábado. O suspeito também é foragido da Justiça de Montes Claros, onde responde pelos crimes de homicídio, estupro e roubo.

O crime revoltou a população do município de 10,3 mil habitantes, distante 279 quilômetros de Belo Horizonte. Raiane foi vista pela última vez quando estava a caminho da escola, na localidade de Seriema, na zona rural do município, na manhã de quarta-feira. O corpo da menina foi encontrado, quinta-feira à tarde, em uma estrada perto da Fazenda Bom Jardim, com sinais de violência física e sexual. Segundo a polícia, o corpo estava com uma perfuração no estômago e sem o coração. A vitima foi sepultada na tarde de sexta-feira. O caso parou a cidade.
A Policia Militar de Buenópolis montou uma grande operação na tentativa de prender o maníaco, contando com o reforço dos destacamentos de Corinto, Joaquim Felício, Augusto de Lima e Curvelo, além um helicóptero. A população também foi mobilizada na procura de Jairo.

Conforme a Policia Militar, na manhã deste sábado, ele foi visto na localidade de Campo Alegre/Mamonas. Ele bateu na porta de uma casa da zona rural para pedir água. O morador reconheceu que era o homem procurado pelo bárbaro crime cometido conta menina Raiane e ligou para o quartel da Policia Militar em Buenópolis. Imediatamente, o helicóptero foi deslocado para a região, para onde também seguiram as equipes por terra.

O maníaco chegou a ser visto pela equipe do helicóptero. Mas, quando a aeronave se aproximou dele, o suspeito jogou no chão uma peça de roupa na cor laranja e entrou no matagal. Conforme a PM de Buenópolis, mais de 12 policiais, com o apoio do helicóptero, fizeram cerco no local.

A reportagem do Estado de Minas apurou que Jairo também é apontado de ter cometido crime em condições parecidas (estupro seguido de espancamento) contra crianças em Engenheiro Dolabella, distrito de Bocaiuva, no Norte de Minas. Lá, ele é suspeito de ter abusado sexualmente de um menino e de uma menina, em 2012.  Logo após o abuso sexual, o suspeito passou a espancar as duas vitimas, da mesma forma que fez com a menina Raiane em Buenopópolis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário