sexta-feira, 11 de março de 2016

Minas Gerais tem aumento de 22% no número de roubos em 2015

Foram 113.500 ocorrências de roubos consumados registradas no ano passado

Do R7

Belo Horizonte é responsável por 37% dos roubos no Estado Record Minas
Minas Gerais teve 113.500 roubos consumados em 2015, o que representou um aumento de 22,15%, em relação aos 92.915 casos do ano anterior. A taxa de roubos por 100 mil habitantes atingiu 543,87 para uma população pelo IBGE em 20.869.101 habitantes. Em 2014, a taxa foi de 448,13 para uma população de 20.734.097 residentes no Estado.
Belo Horizonte continua concentrando fortemente as ocorrências de roubos em Minas. Foram 42.109 registros, correspondentes a 37,1% do total no Estado. Houve crescimento de 22,43% em relação aos 34.934 casos de 2014. A taxa de roubos consumados por 100 mil habitantes contribui para evidenciar a incidência desproporcional desse tipo de crime na cidade em relação à média do Estado: 1.682,64 em 2015, contra 1.380,67 no ano anterior.


A maioria dos municípios com histórico de índices expressivos de criminalidade teve alta nos registros de roubos consumados em 2015, frente a 2014. Destacaram-se Contagem, 12.594 a 10.355 (21,62%); Betim, 6.043 a 5.086 (18,82%); Uberaba, 3.530 a 3.172 (11,29%); Montes Claros, 3.048 a 2.182 (39,69%); Sete Lagoas, 2.960 a 2.179 (35,84%); Divinópolis, 2.006 a 1.707 (17,52%); Ribeirão das Neves, 1.999 a 1.192 (67,70%); Juiz de Fora, 1.636 a 1.355 (20,74%); Santa Luzia, 1.534 a 972 (57,82%); e Varginha, 175 a 106 (+65,09%).



Tiveram queda nas ocorrências Uberlândia, 3.657 a 4.144 (-11,75%) e Poços de Caldas, 180 a 320 (-43,75%). Nova Serrana ficou perto da estabilidade: 1.050 a 1.067 (-1,59%).

Outros crimes

No ano passado, contabilizaram-se 89 registros de extorsão mediante sequestro. Foram 29 casos a menos do que os 118 de 2014, queda de 24,58% Em Belo Horizonte, essa natureza criminal teve uma redução ainda mais acentuada, de 40,63%, com 38 registros em 2015, contra 64 no ano anterior.

Crime com maior número de ocorrências, o furto consumado teve alta de 1,64% no Estado em 2015. Foram 311.702 registros, contra 306.682 em 2014. Em Belo Horizonte, a taxa de crescimento foi um pouco menor, de 0,45%, traduzidos por 62.841 casos em 2015, contra 62.558 no ano anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Jornalista Artur Almeida, da TV Globo Minas, morre aos 57 anos

Informações da família são de que ele teve uma parada cardiorrespiratória em Portugal, onde passava férias. Por...