segunda-feira, 14 de março de 2016

Manifestação deste domingo na Praça da Liberdade é a maior já registrada em BH


Foto: Alberto Wu/Futura Press/Estadão Conteúdo

A manifestação contra a corrupção e o Governo Federal atraiu cerca de 30 mil à Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, na manhã deste domingo. A estimativa foi feita pela Polícia Militar, que informou ainda que não houve registro de ocorrência e o protesto transcorreu de forma pacífica. Os organizadores do evento não deram estimativa de público.
O número alcançado neste domingo é o maior já registrado na capital mineira, superando a quantidade de pessoas que saíram às ruas em março do ano passado, quando 25 mil manifestantes foram à Praça da Liberdade para protestar contra o Governo Federal.
Por volta das 12h30, as pessoas começaram a se dispersar, algumas voltaram para casa, enquanto outras seguiram para a Praça da Esação, no Centro da capital, onde está prevista mais uma manifestação, denominada "Vaza Dilma".
Um caminhão de som foi colocado no entorno da praça para discursos e um palco foi armado para a apresentação de bandas de rock e MPB. Os manifestantes usam, além de camisas da seleção brasileira, máscaras do juiz Sérgio Moro. Há muitas faixas de apoio à Polícia Federal, pela operação Lava Jato e montagem de fotos do ex-presidente Lula em uma prisão.

Vestidos de verde e amarelo, as pessoas levaram banners, faixas, cartazes e mosaicos, fazendo diversas sátiras da corrupção envolvendo políticos do Partido dos Trabalhadores (PT) e da investigação da Operação Lava Jato. Bandeiras do Brasil também são hasteadas na praça. Todo o trânsito no entorno da Praça da Liberdade foi fechado.
Acompanhe ao vivo a cobertura das manifestações com a equipe da Rádio Itatiaia
Confira as fotos (crédito: Edilene Lopes/Itatiaia e Bruno Cheab/Itatiaia):






Nenhum comentário:

Postar um comentário