sexta-feira, 11 de março de 2016

Jovem invade escola de namorada, bate em alunos e ameaça professores

Suspeito teria ficado nervosa por causa de suposto caso de assédio de colegas 

Do R7 com Record Minas
Caso aconteceu em uma escola estadual do bairro Maria Goretti Record Minas
A PM (Polícia Militar) procura por um jovem que invadiu uma escola na região nordeste de Belo Horizonte para se vingar de um assédio moral que teria sido cometido contra sua namorada. Além de espancar os suspeitos, ele também agrediu alguns professores.
Segundo uma testemunha, as agressões aconteceram na manhã de quarta-feira (9) dentro de uma das salas de aula da Escola Estadual Maria de Lourdes de Oliveira, no bairro Maria Goretti.
— Ele chegou a dar um soco na mesa da diretora, empurrou o vice-diretor também e desacatou todos os professores que estavam dentro de sala.
Leia mais notícias de Minas Gerais no Portal R7
Experimente grátis: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play
As agressões teriam ocorrido por ciúmes. Isso porque uma adolescente, de 17 anos, teria contado ao namorado que foi assediada por alguns jovens de sua turma. Ao saber disso, o autor foi até a instituição de ensino atrás dos suspeitos e nem mesmo a namorada conseguiu impedi-lo de agredir as pessoas. 
— Ela tentou segurar, mas não conseguiu porque ele estava muito nervoso.
Após a confusão, o agressor fugiu e as vítimas foram socorridas para unidades de saúde da capital. Até o momento, ele ainda não foi identificado e os estudantes temem que ele volte à escola.
Ainda conforme a testemunha, a violência é comum na escola e há vários casos de alunos assaltados na saída das aulas. Além disso, ela denuncia o consumo de drogas dentro das dependências da escola. 
— Tem muitos alunos também que já formaram e voltam para cá, pulam o muro de trás da escola e se juntam com os alunos que estão aqui e ficam usando entorpecentes, fumando maconha.
A direção da escola foi procurada, mas não se manifestou sobre o assunto. Já a Secretaria de Estado de Educação negou que haja facilidade de acesso à instituição e informou que, neste caso, o agressor teve a entrada autorizada porque disse que iria relatar um caso de assédio contra a namorada à direção da unidade. O órgão, no entanto, não comentou sobre a denúncia de uso de drogas dentro da instituição de ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONHECENDO PERSONALIDADES DE NOSSO CORPO DE BOMBEIROS E POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS - SOLDADO BM CAMILA.

  A SOLDADO CAMILA É MESTRE EM COMUNICAÇÃO SOCIAL E TEM DESEMPENHADO IMPORTANTE TRABALHO NA CORPORAÇÃO! O BLOG DO SARGENTO CLÁUDIO CAS...