segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Prefeitura de BH contrata chaveiros para invadir imóveis fechados no combate ao Aedes

Foto: Bianca Paiva/Agência Brasil

O combate ao mosquito Aedes aegypti será intensificado na próxima semana em Belo Horizonte. Diante da desconfiança e resistência de muitos moradores, a prefeitura da capital, amparada na Medida Provisória (MP) 712, instituída no início deste mês pelo Governo Federal, contratou chaveiros para forçar a entrada em imóveis públicos e privados considerados abandonados ou em situação de ausência do responsável.
A MP amplia os poderes das autoridades federais, estaduais e municipais de saúde no combate aos focos do mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus. Em Belo Horizonte, os agentes de saúde contarão com a ajuda da Guarda Municipal e, em alguns casos, até do Exército para facilitar a entrada nas casas.
“Já estão contratados chaveiros. Muitas pessoas ainda não têm a confiança de nos deixar entrar, enquanto outras estão ausentes das suas moradias. E isso é um desafio muito grande. A partir da próxima semana, começa a entrada forçada nos imóveis fechados”, declarou o Coordenador de Defesa Civil de Belo Horizonte, coronel Alexandre Lucas.
“Estamos conseguindo resolver os problemas com corretores de imóveis, que estão indo nos locais que estão para alugar e vender. Precisa da cooperação da população. O Exército vai nos ajudar muito porque eles têm uma credibilidade muito grande”, completou.
Ouça a reportagem completa de Mônica Miranda

Ouça o(s) audio(s) desta notícia:

Prefeitura de BH contrata chaveiros para invadir e fiscalizar imóveis fechados

Nenhum comentário:

Postar um comentário