quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Justiça autoriza prisão de lutador que espancou a namorada no sul de Minas

Felipe Carvalho Lima agrediu a vítima porque ela descobriu uma traição dele e queria terminar

Do R7 com Record Minas
Felipe Lima é suspeito de agredir Brígida de Figueiredo Silva Record Minas
A Justiça mineira expediu na noite de terça-feira (8) um mandado de prisão contra o lutador de jiu-jitsu, Felipe Carvalho Lima, de 25 anos. Ele é suspeito de espancar a própria namorada em Três Corações, no sul de Minas.
Segundo a Polícia Civil, o agressor se apresentou ao delegado da cidade na tarde de terça-feira, onde foi ouvido e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência. Em seguida, ele foi liberado. Entretanto, após o depoimento, o delegado pediu a prisão preventiva dele, mas Lima ainda não foi preso.
De acordo com relatos da vítima, Brígida de Figueiredo Silva, de 24 anos, a briga começou quando ela decidiu terminar o relacionamento com o autor, ao descobrir que era traída pelo campeão de artes marciais.
Leia mais notícias de Minas Gerais no Portal R7
Experimente grátis: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play
— Quando fui acordá-lo para poder conversar e terminar, ele não aceitou e começou a me agredir sem dizer uma palavra
A confusão aconteceu na casa de Felipe Lima. Em uma foto tirada no hospital, Brígida não conseguia abrir um dos olhos por causa dos golpes. Após as agressões, ela pediu ajuda à sogra, a advogada e vice-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Três Corações, Luciana Gimenez Carvalho, que tentou impedir que ela registrasse a ocorrência para não "prejudicar" o filho.
Desde a data do crime, a vítima não consegue sair de casa pois está com medo de que o ex-namorado volte a procurá-la, embora a Justiça tenha expedido uma medida protetiva que impede que o agressor se aproxime dela novamente.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário